Saiba como respirar melhor durante sua corrida

A respiração tem a principal função de oxigenar o corpo. É o sistema respiratório que realiza a troca de gases com o ar atmosférico e assegura a concentração de oxigênio no sangue, o que permite o bom funcionamento das reações metabólicas do organismo e mantém regulada a temperatura corpórea.

Durante a corrida, o oxigênio que é captado pelos pulmões é transformado em energia fazendo com que o atleta tenha capacidade de continuar correndo.  De acordo com o treinador da Bio Ritmo Nelson Tiago Talarico, a respiração deve ser feita de forma natural, o que determina se você vai inspirar ou expirar mais rápido ou devagar são as condições determinadas pelo tipo de treino e pelo condicionamento do corredor.

“A respiração interfere diretamente na performance. Durante a atividade física, o corpo precisa de uma ventilação maior, especialmente nos exercícios mais intensos e por isso é preciso ter controle da respiração, para facilitar o exercício, auxiliar no aumento da resistência e evitar a fadiga precoce”, explica.

Uma maneira de melhorar a respiração durante a atividade física é fortalecer a musculatura que ajuda nos movimentos causados pela respiração, como abdômen, intercostais e paravertebrais. Isso porque, aquela dorzinha na lateral da barriga, por exemplo, que algumas pessoas sentem ao correr é causada quando a pessoa está se exercitando em um nível mais forte do que seu corpo consegue suprir a necessidade de oxigênio, por isso o fortalecimento desses músculos podem ajudar a ter mais consciência da respiração

A yoga também é uma opção complementar  para respirar melhor durante a corrida, já que essa prática faz com que a pessoa respire utilizando toda capacidade dos pulmões, ou seja, a região abdominal, intercostal e torácico, partes baixa, média e alta. Assim, o corpo recebe mais oxigênio, o ato de respirar acaba tornando-se um ato voluntário e consciente.

Para o treinador, não existe um único jeito correto de respirar, seja pela boca ou pelo nariz, o mais importante é que a respiração seja abdominal (diafragmática), aquela que infla a barriga e não o peitoral. Observar seu corpo é uma forma de saber se está respirando da melhor forma ou não.

“Quando inspiramos, o diafragma, que está localizado na região central do corpo separando o tórax do abdômen, realiza um movimento para baixo, enche como um balão e pressiona o abdômen para fora. Na expiração o diafragma realiza o movimento para cima, o balão esvazia e a barriga murcha. Desta forma, oxigena o cérebro, além de aumentar o condicionamento físico”, explica Nelson.

Fonte: webrun



Comentários

comentários

Deixe um comentário

Nos acompanhe também no FACEBOOK

%d blogueiros gostam disto: