II Corrida Gunga Roteiro tem o dobro de inscritos

A II Corrida Gunga Roteiro já entrou definitivamente para o calendário oficial de corridas de rua de Alagoas. O evento, que vem ganhando força e se destacando como um dos mais organizados do estado, chega a sua segunda edição com o dobro de inscritos da corrida passada.

Este ano, 1000 atletas disputarão a prova, dividida da seguinte forma: 5km ou 10km, masculino e feminino – distâncias abertas para todos os corredores; 1,5km ou 3km, masculino e feminino – distâncias exclusivas para moradores de Roteiro; 500m, masculino e feminino – distância exclusiva para crianças e jovens de até 14 anos.

A Corrida será realizada neste domingo (12), na cidade de Roteiro, a partir das 8h. As premiações somam mais de 15 mil reais e serão distribuídas de acordo com as colocações individuais dos atletas por percurso.

O evento é uma realização da prefeitura municipal de Roteiro em parceria com a Federação Alagoana de Triathlon (FALTRI) e Alagoas Esporte.

“Minha formação é de educador físico e sei de todos os benefícios proporcionados pela prática de atividades físicas no cotidiano das pessoas. Por isso, minha gestão sempre apoia e incentiva eventos como esse. Além de conscientizar, as corridas promovem o importante papel social de inclusão”, explica o prefeito de Roteiro, Wladimir Brito.

A entrega dos kits começou nessa última quinta-feira Hotel Radisson, em Maceió, para os atletas que correrão 5km. Os participantes inscritos no percurso de 10km deverão receber os kits hoje, também no Radisson, em horário comercial; mesma data para os moradores de Roteiro, que receberão no ginásio da Escola Francisco Sebastião Soares Palmeira, entre 14h e 18h.

Roteirenses estão ansiosos com a aproximação da Corrida

Na cidade, o clima é de expectativa e ansiedade entre os participantes e moradores. “A cidade fica lotada de pessoas de vários estados do país. É bom porque divulga nosso município e leva a fama das nossas belezas naturais por todo o Brasil”, diz Maxillanny Santos, moradora de Roteiro.

Madson Marques, funcionário público e roteirense, conta que vem tentando conciliar os horários do treino com os afazeres diários. “Por causa do trabalho e de outras coisas que tenho que resolver, vou encaixando as corridas nos horários mais convenientes. Às vezes, consigo correr pela manhã; às vezes, somente à noite; e assim vou treinando. O importante é deixar a preguiça de lado e se movimentar”, explica Madson, que já tinha participado da primeira edição do evento.

Fonte: alagoasesporte



Comentários

comentários

Deixe um comentário

Nos acompanhe também no FACEBOOK

%d blogueiros gostam disto: